Imprimir

Como o império Valouro quer fugir à crise

Como o império Valouro quer fugir à crise

Como o império Valouro quer fugir à crise

 

Aos 70 anos, os gémeos António José e José António dos Santos estão de olhos postos nos investimentos que querem por em marcha. Para lhes dar continuidade contam com o sobrinho Dinis, herdeiro da fortuna e sucessor nos negócios.

"Crises já passamos várias, mas esta tem contornos diferentes", assumem os irmãos Santos. Há cerca de 10 anos, apostaram na exportação, porque o grupo já era maior do que o país. O destino natural foi Espanha, mas também alguns países africanos, como Angola. Hoje, diversificaram os seus mercados e estão mais fortes do que nunca em capacidade produtiva. A exportação é a tábua de salvação para enfrentar a quebra de poder de compra em Portugal.

 

Ver artigo completo em: scribd - 01 de Janeiro de 2012